sábado, julho 21, 2012

Desenho de policulturas (jardins floresta baseado em diferentes camadas/habitats)


Olá a todos,
Queria pedir estes conselhos a todos, quer àqueles que já crescem jardins floresta, quer àqueles que ainda crescem os vegetais mais tradicionais. Porque me foco em ambos aqui: anuais e perenes.
Estou a tentar, através de um dos fundamentos básicos de permacultura, desenhar como um projecto pode ser criado envolvendo diferentes espécies ocupando diferentes nichos/habitats, para que uma espécie não se torne dominante em relação a outra.
O truque está em pensar em camadas, desde espécies coberturas de solo (como morangueiros, mentas e abóbora), espécies mais altas (como milho, yacon, okra, bamboo, trepadeiras que trepam essas espécies (desde os anuais feijoes até yams, kiwis, maracujás, videiras), e outras espécies que crescem em tufos e que nem cobrem o solo, nem crescem muito altas acima (exemplo da familia da couve, cebolas, alfazema, groselhas...). Depois temos acima árvores de pequeno porte (que inclui a maioria das árvores de fruto) eárvores mais largas (exemplo do castanheiro) e espécies de raíz profunda em vez de espalhada lateralmente (exemplo das nogueiras pecan) que nao competem com as anteriores e crescem muitas vezes acima destas. Se repararem, as coisas crescem assim na natureza, mas ainda com mais 
Obviamente estou a focar-me em espécies comestíveis, e focando-me quer em anuais, quer perenes, quer as tradicionais, quer espécies cultivadas noutras zonas do mundo (de que a permacultura tanto menciona).
Vou ter que para facilidade de escrita mencionar os nomes ingleses ou científicos, já que para muitas especies desconheço os nomes em português.
Quando pensamos em combinacoes com estas camadas, temos que pensar se crescem anuais ou perenes (porque obviamente nao vamos plantar perenes juntas com um campod e batatas), e que espécies para muita exposicao solar, e quais toleram sombra de espécies maiores crescendo ao lado. E também pensar para nao haver competicao, que as plantas nao devem competir para espaco das suas folhas, espaco das raizes e nutrientes, e necessidades de água.
Camada 1. Coberturas do soloAnuais: abóbora e courgette sáo duas escolhas óbvias. Tolerando mais a sombra temos como possiveis escolhas coentos, batata doce e alface, rucula, cenouras e a salsa (mais na sombra). Perenes: morangueiros, mentas, "chinese artichokes", ruibarbo (para espacos maiores), allium ursinum ("ramps"), espinafre da nova zelandia (frequente em Portugal), e talvez oca, mashua, sagittaria ("arrowhead") e trevo (embora nao seja comestivel, cobre bem o solo e ocupa pouco espaco de raiz). Mas a maioria destas
Camada 2. Tufosanuais: batatas, tomates, favas, familia da couve e cebola. Mas a maioria destas plantas parece apreciar mais crescem sem nada em redor. Portanto esse é um dos problemas que estou a tentar resolver. Perenes: a maioria das ervas aromáticas, taro, groselhas, espargos, cebolinho, e muitas outras, mas desconheço que combinações fazer.
Camada 3. Espécies altas. devem crescer acima do solo e tolerar servir de suporta para trepadeiras.Anuais: o típico milho, e provavelmente okra, girassois, amaranto e tupinampos (na realidade são perenes mas podem ser replantados). Perenes: yacon, bamboos e provavelmente pequenas árvores de fruto. Depende de que trepadeiras queremos crescer.
Camada 4 trepadeirasanuais: leguminosas e cucurbitas. perenes: "groundnuts", yams, akebia, chuchu, kiwi, maracujá, "malabar gourd", "jícama", pimenta (só para locais sem geada) e videiras. O problema é que espécies escolher que nao sejam agressivas e atrofiem as plantas ou árvores sob as quais trepam. Além disso, a maioria destas plantas prefere o máximo de sol, e isso é um problema sob árvores maiores.
Camada 5 árvores pequeno porte. A maioria das árvores de fruto, quase todas preferem crescer sem árvores maiores acima, sendo que as aveleiras, amelanchier e diospiros parecem tolerar um pouco a sombra de ávores maiores. Assim podemos pensar num sistema de "guilds", por exemplo baseado em espécies como tupinampos, macieiras, aveleiras, bamboos, elaeagnus (fixam azoto), moringa, milho, amaranto... enfim, o problema está em verificar o que funciona na prática.
Os outros problemas, além dos das trepadeiras, é em integrar batatas, tomatoes, favas, couves, cereais, neste sistema. E claro focar-me mais nas espécies perenes (já que nao requerem que se ande a mexer sempre no solo) e dessas, as que podem produzir mais comida, isto é ser "staples" (como enset, "groundnuts", yams, "pigeon peas", quinoa, há muitas comidas base em diferentes zonas do mundo)
Por favor adicionem sugestoes de combinações, mesmo que não as tenham experimentado.

quarta-feira, agosto 03, 2011

domingo, julho 31, 2011

A nossa Permacultura na Islândia!

A Permacultura é de facto possível na Islândia, um clima polar.
Mudei-me para cá no ano passado, para a ecoaldeia Sólheimar, que está localizada no sudoeste da Islândia, com um clima mais ameno polar: verão são curtos, mas amenos, os invernos têm muita neve. Estou a crescer tanto em ambientes internos, uma conservatória virada a sul, e ao ar livre, num local exposto a sudoeste e uma localização abrigada a nordeste.



Dentro de casa cresço variedades anãs de tomate, pimentão e berinjela, uma planta de gengibre, acelga, rúcula e ervas diversas (cebolinha, tomilho, sálvia, erva-cidreira, hissopo, segurelha, orégano e manjerona).

Lá fora, cresço uma cama com cebola, cenoura e beterraba, outra com aipo, erva-doce, brócolis e chicória, outro com nabo e outros verdes, e outra cama com uma bela combinação (plantas companheiras) de acelga, beterraba e kohl rabi (abaixo).

Abaixo está a cama com beterrabas, cenouras e cebolas.


Duas zonas muito belas do jardim são as camas de flores silvestres para atrair animais selvagens, como abelhas e borboletas e proporcionar muita cor.



Na parte nordeste, mais sombria, estou a crescer algumas camas com vegetais orientais, ruibarbo e levístico (dois vegetais locais).



terça-feira, julho 26, 2011

Mudanças no Cantinho Verde. Importante (ler)

Tu subscreveste ao Cantinho Verde.

Porém, tenho escrito muito mais no mesmo blogue mas na versao inglesa (the Green Spot), dado ter mais audiência.

Se quiseres continuar a receber as novidades da minha Jardinagem e Permacultura, sugiro que percas uns segundos e vás ao seguinte link e torna-te fã. http://www.facebook.com/pages/​The-Green-Spot/118238218238132

Em alternativa, podes ir a http://feedburner.google.com/fb/a/mailverify?uri=greenspotenglish e subscrever o serviço de subscrição por e-mail, para seres notificado quando eu escrevo um novo artigo.

Vou começar a escrever muito mais frequentemente. Tenho já vários artigos preparados para os próximas dias e semanas, sobre Permacultura e diferentes plantas.