sábado, dezembro 15, 2007

Quinoa, Perenial tomatoes and Delicious dishes

Olá a todos! Hi All!

Its almost winter season and we still mantain our tomatoes blooming, although very slowly and spending the nights indoors and days outdoors. Today we bring you photos of some interesting herbs we use for medicine purposes, a faboulous ornamental eggplant, and even quinoa growing!
É quase Inverno e no entanto ainda um tomateiro em flor, se bem que muito lentamente, apanhando sol durante o dia, e protegido dentro de casa durante a noite. Hoje trazemos fotos também de algumas ervas medicinais interessantes, a fabulosa beringela ornamental e até quinoa que conseguimos crescer!

Lately there is plenty of lettuce on our balcony, nearly 10 containers of them, tasty nhami! spinach, peas, turnips, two beautiful kohl rabi and some starting celery and florence fennel. Everything with absolutely no chemicals. Solely a plastic covering the icy frost these last days, lol!
Recentemente, temos montes de alface crescendo na nossa varanda, quase 10 vasos e floreiras, deliciosos espinafres, nabos, ervilhas de grão, duas belíssimas couves rábano, e novos rebentos de aipo e funcho da florença. Tudo absolutamente natural, sem qualquer químico. Apenas um plástico que pus a cobrir algumas plantas da geada forte destes ultimos dias.

We have currently ongoing a biodynamic experiment to once for all evaluate the effect of moon cycle on seed sprouting. Very clearly, seeds sprout much better during full moon than moon and some of them (mostly leaf vegetables) during watery moon signs and radish during the passage of moon on earth signs! It's true, I came to watch it!
De momento, estamos também a fazer experiencias muito curiosas biodinamicas! Muito claramente, as sementes de vários vegetais germinam bem melhor aquando da lua cheia do que na lua nova, e os vegetais de folha crescem melhor quando semeados em dias de lua em signo aquoso, e os rabanetes quando semeados em dias de lua em signo terra. Sim, é verdade! Foi isto mesmo que obtive e vi com os meus próprios olhos!
Secondly, we are growing carrots in 80% sand soil, mixed with horsetail (which increases silica contents in soil) to see whether the plants will grow longer roots, as they do in their native very sandy soils.
Por último, estamos também a crescer cenoura em ambiente que se assemelha ao que elas verdadeiramente gostam, em solo arenoso, e misturado com silica que é referido como substância requerida por aquelas para desenvolver raizes maiores!


Perspectiva parcial da varanda
Quinoa!
Equinácea!
Delicioso prato com abóbora, funcho, alho, pimento, alho francês, caril e cerefólio!
Uma beringela ainda em Inverno (sim, sabiam que elas e os tomateiros são perenes, se forem protegidas do frio!)

Hey! Did you know eggplants and tomatoes are not annuals, but perenials that thrive and grow into next year if protected from the cold weather!

9 comentários:

RUTE disse...

Olá de novo. Estes conselhos são sempre tão úteis. Thanks a lot.

Não sabia que os tomateiros são perenes. Realmente estranhei o facto dos meus tomateiros estarem a dar tomates fora de época. E fiquei contente dos tomateiros não terem morrido após a estação.

Mas agora estou felicissima por saber que se tiver alguns cuidados conseguirei que eles sobrevivam ao Inverno.

Fantástico. Obrigada mais uma vez.

solquartocrescente disse...

Eu também não sabia!
E também estava a estranhar eles ainda terem fruto em pleno Dezembro, se bem que cresçam agora muito lentamente.
Trouxe-os para dentro de casa para não apanharem frio e geada, mas exponho-os ao sol à tarde.

Fiz o mesmo com a beringela e com a erva-príncipe.

RUTE disse...

Li aqui no Blog que as cenouras gostam de solo arenoso.

Como fazes para modificar a terra? Juntas areia da praia? Lavas a areia primeiro para retirar o sal?

Ouvi dizer que na Nazaré as mulheres costumam colher algas na praia para adubarem as culturas. Lavam em água doce e deixam secar ao sol. As algas têm muitas vitaminas e minerais.

Eu ainda não cultivei cenouras. Mas também li noutro site que para cultivar cenouras são óptimas as garrafas de 1,5 l de água pois tem mais profundidade.

Plantas cenouras através de semente, não é?

solquartocrescente disse...

Sim, aqui vão as respostas, uma de cada vez:

- Cultivo as cenouras em areia que arranjei (risos) dumas obras (a areia é um pouco mais grossa, eu aconselhava-te a ires buscá-la à praia e, sim, lavares para removeres o eventual sal)

- As algas são poderosos fertilizantes naturais. Obtive excelentes resultados por exemplo na erva-príncipe e beringelas. São ricas em potássio e logo contribuem para ajudar na formação do fruto. Convém não abusar e usar com bom senso, como com qualquer outro produto natural! Outra substãncia rica em potássio são as cinzas, mas aviso-te que podes aumentar muito o pH do solo e estragares este com estas.
O azoto por outro lado, altamente concentrado em restos de cozinha, composto, urina ou estrume induz o crescimento das folhas, como alface e espinafres.
O fósforo creio que é mais importante na formação das raízes.

Eu sou em favor apenas do uso de agricultura natural e vendo o solo como um organismo vivo que podemos ajudar usando apenas certos fertilizantes naturais, e com moderação.

- A instrução que apontas, das garrafas de 1.5 L creio que foi da Irina do blog Hortelã Verde, que é uma excelente ideia, para reutilizares as garrafas e têm profundidade.
Posso dizer-te da minha experiência que as cenouras até em floreira crescem, mas quando mais espaço para os lados e baixo melhor. Demoram muito tempo a ficar com um tamanho razoavel (cerca de 6-9 meses) mas são apetitosas!

-Plantei-as através de semente. A semente desta demora entre 10 a 30 dias de germinação. Esta é bastante lenta, mas parece ter-me sido mais rápida agora no Outono-Inverno do que na Primavera.
No calendário biodinâmico da Maria Thun, eles descrevem também como podemos usar outras culturas como trevo, alfalfa, trigo-sarraceno, borragem, linho, para fixas outros nutrientes no solo, antes de fazer certas culturas. Dá uma vista de olhos ou eu posso-te arranjar a informação também :)

Boas culturas e continuemos a partilhar estas experiencias tão boas e plenas....

solquartocrescente disse...

Podes semear (as cenouras) por exemplo as cenouras num vaso de 20 ou 25 cm de diametro ou um garrafão cortado a meio.
E espacá-las entre 5 a 10cm, depois de terem dado pequenos rebentos.
De modo nenhum as transplantes, elas dão-se mal com isso.

Também podes experimentar pastinacas (parecem cenouras brancas muito deliciosas) ou os sempre fáceis e ultra-rápidos rabanetes (que ocupam mesmo muito pouco espaço!).

Jardineira aprendiz disse...

Pois, ficam com várias cenourinhas gémeas! Outra hipótese para aligeirar a terra é utilizar daqueles substratos à base de resíduos florestais que andam por aí no mercado, eu já tentei a areia (com ornamentais) e os resultados não foram tão bons. Olha eu não me esqueci do consciência social nem do teu cantinho verde, mas não tenho comentado, a falta de tempo e principalmente o cansaço têm apertado.

Continuo à espera, se calhar um bocado estupidamente, que o tempo dê para tudo o que gostava de fazer, incluindo uma horta. Mas para já tem que ser mesmo uma coisa de cada vez. De qualquer forma, mesmo não passando da teoria, tudo o que possa partilhar está à disposição (às vezes nem me lembro que algumas coisas possam interessar a outros, the brave new world acaba por nos alienar um pouco dos outros)

Beijos

RUTE disse...

Bom...nem de propósito: no dia em que coloquei os tomateiros para dentro, durante a noite, caiu uma carga de água tocada a vento frio que podia ter estragado todos os frutinhos existentes.

Entretanto tenho-os mantido no interior da casa pois instalaram-se uns dias cinzentos e gelados.

Este post foi de um timming impressionante!!

Quanto às cenouras, tenho de experimentar pôr em prática todos esses conselhos. E testar a eficácia das algas. Moro perto da praia :-)

Gosto demais desta nova prespectiva de agricultura. Acho importante tratar a terra como um organismo vivo que necessita de alimento para ajudar ao crescimento das plantinhas. E a utilização de quimicos e pesticidas só danificam ou matam o solo.

Há quem tenha Pets, eu tenho uma horta urbana. Todos os dias a visito, "falo" com ela, acaricio as folhas e testo a humidade do solo com os dedos. E em mim ficam os cheiros do tomateiro, da erva principe, do alecrim, da hortelã, da terra molhada... É um delicia. Recomendo vivamente :-D

solquartocrescente disse...

Podes crer!

Bom Natal pra ti e pros teus
Continua a partilhar as experiencias da horta...

solquartocrescente disse...

Olá às duas.
Postei de novo coisas sobre agricultura biodinamica que é de muita curiosidade para qualquer horta que tenham.... leiam com todo o prazer :-)