domingo, abril 05, 2009

Permacultura no jardim: dicas de plantação, vegetais perenes...

Agora que estão belos dias de Primavera aqui, já começamos a ver algumas plantas que entretanto germinaram.
Rúculas, nabos, alfaces, rabanetes e ervilhas.

Plantei também tomates e aqui vão uma dica:
- Semear tomates, pimentos e courgettes (plantas que adoram calor) numa caixa de plástico, de iogurte ou de outra comida, com metade composto, metade terra turfosa. Deixar numa janela ao sol, regando todas as manhãs, e meter uma tampa de plástica transparente por cima. Funciona como uma mini-estufa.
Gera-se tanto calor que as minhas sementes germinaram em dois dias!!!!
  • Semeámos acelgas, coriandro, espinafres, aipo, couve rábano, cenouras, grão, lentilhas, alguns cereais, beterrabas, batatas e chicória radicchio.
  • Semeei também uma série de flores silvestres que atraem borboletas e abelhas (comprei no horto)
E uma série de vegetais perenes ou exóticos, como:
  • "skirret" (Sium sisarium)
  • "jesuralem articrokes" (conhecidos como tupinampos)
  • "chinese articrokes"
  • batata negra (uma raridade que encontrámos aqui no mercado em Viena)
  • gengibre
  • "tiger nuts" (Cyperus esculentus) (deixar de noite em molho)
  • "salsify" (Tragopogon pratensis)
  • rabanetes negros
  • salsa tuberosa
Claro que a plantação foi feita com composto e misturando as espécies, flores e vegetais, para atrair biodiversidade e gerar um equílibro e harmonia natural.



Nota, o jardim tem apenas cerca de 1-3 horas de luz por dia, mas isso não é qualquer impedimento para crescer os vegetais. Na verdade, o sol ao bater nos prédios aquece muito o local, gerando um micro-clima de calor, semi-sombra e humidade, sem vento, que é ideal para crescer a horta. Usei até agora apenas uma pequena parte do jardim, cerca de 20 metros quadrados, mas parece mais que suficiente para crescer o que mencionei acima.


Apenas me lamentei não ter plantado ainda o sistema "no digging", que envolve usar sob o relvado uma camada de jornais seguida de um mulching de folhas ou palha, e seguida de uma terceira camada de composto. Mas irei experimentar hoje!

Por último, verifiquei de novo, que semear os vegetais após a lua nova é muito mais eficiente, do que após a lua cheia. A germinação é muito mais rápida.

3 comentários:

Mar.garida disse...

Sim, porque após a lua cheia, ela começa a diminuir atrasando a germinação, enquanto que após a lua nova, vai crescendo. Por isso, se deve cortar o cabelo em quarto minguante se não queremos que ele cresça demasiado rápido, por exemplo. Boas postagens ;)

solquartocrescente disse...

Parece muito evidente esta influência.
Nestes últimos anos verifiquei para minha deleite surpresa a influência significativa da lua em 1) no comportamento das pessoas, 2) no tempo, e 3) no crescimento das plantas.

maosahorta disse...

Interessante blog, sobretudo porque também tenho interesse na agricultura biodinâmica e tento seguir o calendário.
Também tenho um blog em maosahorta.wordpress.com

Abraço